terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Nilson Areal é absolvido em processo de cassação por compra de votos

O prefeito cassado de Sena Madureira Nílson Areal (PR) 
foi absolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral na noite desta 
terça-feira (15) da acusação de compra de votos nas eleições 
de 2008.

Por cinco votos a favor, ele deverá ser reconduzido ao cargo 
de onde saiu desde julho de 2009, quando foi cassado pela juíza 
eleitoral de Sena Madureira, Thaís Abul Khalil. Meses depois,
o Tribunal Regional Eleitoral confirmou a cassação. 

Os juízes que votaram pelo retorno foram Cármen Lúcia, Aldir 
Passarinho, Amildo Cavalhido, Ricardo Lewandowski e Marcelo 
Ribeiro. Marco Aurélio e Arnaldo Versiani foram contra.

A maioria entendeu que houve contradições e inconsistência 
nos depoimentos das testemunhas do processo que acusava o 
prefeito de comprar votos oferecendo telhas.

Nenhum comentário: