segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Eu Vi

A imprensa acreana viu, mas fez que não viu o protesto do Hedislande, funcionário provisório demitido do Pró-Saúde.

Sua indignação é contra a pressão para votar nos candidatos da pouco asseada frente popular.

Muitos funcionários gostariam de fazer o mesmo, mas não podem, e farão no silêncio e no anonimato das urnas.

O protesto me fez lembrar uma velha história de um coronel ao ordenar os candidatos para um eleitor encabrestado em seu curral eleitoral:

Assim dizia o coronel:

- Pra presidente você vota no fulano; pra governador você crava no sicrano; pra senador vota no beltrano e assim sucessivamente, para federal e estadual.

O matuto,do alto da sua inocência, falou pro coronel.

-Patrão, o senhor me deixa escolher pelo menos um.

Fonte: Blog do Calixto

Um comentário:

LIBERTADOR disse...

O HEDISLANDE É DOS MEUS. ESSE HONRA AS CALÇAS QUE VESTE E NÃO SE FAZ DE VERME PRÁ ESSES CORONÉIS PASSAREM POR CIMA. CORJA DE COVARDES. O QUE ELES PENSAM QUE É UM EMPREGUINHO PROVISÓRIO PERTO DA GRANDEZA QUE É SER DONO DA PRÓPRIA VONTADE? PROTESTE, HEDISLANDE, VOCÊ É UM HOMEM LIVRE E VIVE NUM PAÍS LIVRE! A DITADURA PARTIDÁRIA PERSEGUE MAS NÃO DURA PARA SEMPRE!