domingo, 27 de junho de 2010

Oposicionistas homologam chapa majoritária em convenção

Representantes dos partidos coligados destacaram mais uma vez a união como estratégia principal de ‘combate’.


Os partidos de oposição estadual realizaram na tarde deste sábado, na sede do PSDB, sua convenção para oficializar a homologação da chapa majoritária, formada por Tião Bocalom (PSDB), candidato ao governo, José Ildson (PPS), vice, e pelos candidatos ao Senado, Sérgio Petecão (PMN) e João Correia (PMDB), e apresentar os nomes que vão concorrer aos cargos de deputado estadual e federal.
Oito partidos integram a chapa oposicionista (DEM, PMDB, PMN, PSDB, PPS, PSL, PSC e PT do B). Os representantes da coligação acreditam que a união do grupo será a máxima para a disputa eleitoral deste ano diante da Frente Popular do Acre (FPA). Uma prova dessa união foi notada hoje pela a presença de milhares de participantes dos partidos opositores.
Na convenção, mais de 100 candidatos foram apresentados e a manifestação de apoio surgiu de diversas prefeituras do interior acreano, administrada pela oposição, entre elas a de Bujari, de Feijó e a de Senador Guiomard.
 
O coro dos que discursaram no palanque seguiu a linha da união, destacando a necessidade de mudança, após 12 anos da gestão petista no Acre.
 
Um dos mais incisivos, o candidato ao Senado, João Correia, analisou que o estado enfrenta dificuldades, principalmente na geração de empregos, nos setores de segurança e saúde pública. – Lutar contra esse grupo que está no poder será um dos maiores desafios da minha vida – destacou.
 
Tião Bocalom também ressaltou a importância de mudanças na gestão pública estadual. O candidato ao governo está esperançoso quanto à estratégia traçada para a ‘batalha’. – A união anunciada não é só da boca para fora. Estamos focados no caminho que devemos traçar para alcançarmos a vitória em outubro – afirmou.

Fonte: Contilnet

Nenhum comentário: